fbpx
All for Joomla All for Webmasters

Exploração espacial: Como os avanços no CAD são fora deste mundo

 Exploração espacial: Como os avanços no CAD são fora deste mundo

 

Desde a primeira viagem de Yuri Gagarin na orbita terrestre até ao pequeno passo de Neil Armstrong, as explorações espaciais têm toda a atenção da humanidade como nenhuma outra disciplina científica. A fascinação pública por viagens galácticas impulsiona os avanços científicos e descobertas para além da nossa atmosfera terrestre.

Ainda mais surpreendente é que estas conquistas foram todas alcançadas com a tecnologia primitiva que estava disponível na altura. Atualmente, graças aos avanços no CAD o percurso para as estrelas foi facilitado consideravelmente desde esses anos inovadores.

Para o infinito e mais além…

O CAD é de facto o melhor amigo do designer. Oferecendo simulações paralelas à realidade a velocidades extraordinárias, pacotes de software como o SOLIDWORKS têm disponibilizado a inventores, designers e engenheiros uma plataforma 3D para que possam criar. Tudo sem a barreira dispendiosa de ter de produzir um protótipo físico. Tendo em conta que estamos a falar do vazio cósmico do espaço, qual seria o melhor local para criar de forma eficiente?

Design para viagens no espaço já deu um salto gigantesco pela humanidade com o CAD. A habilidade de replicar as qualidades de um material sem a necessidade de cálculos extensos, é fantástico para um engenheiro que não pode perder tempo. Peso? Resistência? Torque, tensões e maleabilidade? Todas estas qualidades disponíveis com um clique.

O CAD também reduz a probabilidade de missões falhadas, muito antes de um shuttle sequer deixar a pista de descolagem. Viagens no espaço têm sempre riscos, infelizmente, desastres e tragédia não são coisas incomuns na história das viagens no espaço, no entanto, as simulações feitas em CAD das condições proporcionadas pelo frio vácuo do espaço, têm assistido os designers a reconhecer os potenciais perigos.

 Twitter In Stream Wide   Space 2 615x308

Se tem um foguete, irá viajar.

Frutos do trabalho assistido por computador?,  bem temos o rover marciano, desenhado pela NASA e a Alliance Spacesystems (que utiliza SOLIDWORKS),  e o CAD tem sido a escolha de design para o projeto ambicioso de Elon Musk, o projeto SpaceX. Um conceito que se concentra num rocket que consegue voltar para ser reutilizado, entre outras coisas. É assim que a empresa visiona a formação de voos espaciais comerciais na próxima década.

Ser capaz de levar o público a atravessar o universo é o próximo passo. Esqueça o treino extensivo que os astronautas fazem, para aprender a lidar com gravidade 0; o próximo passageiro no espaço poderá ser o seu patrão, o seu vizinho e até você. Voos comerciais no espaço é o próximo passo da indústria, e está muito próximo.

Seja utilizando um rocket vertical popularizado pelo SpaceX ou um pequeno satélite desenhado para passageiros, as ideias têm apoio financeiro de gigantes, como o empreendedor e explorador Richard Branson).

Está escrito nas estrelas…

O progresso está a deslocar-se à velocidade de um foguete, páginas como a New Mexico’s SpacePort América têm visto dúzias de lançamentos teste, tentativas da indústria de aperfeiçoar a tecnologia. Claro que, o turismo espacial está fora do alcance da maioria da carteira, com preços proibitivos, onde apenas alguns dos mais ricos do mundo poderiam pagar. Um Uber interplanetário não é de certeza.

No entanto, como a incepção e processo de design podem ser investidos no produto final um serviço com um pouco mais universalidade que o leva aos confins do universo, está a uma ou duas gerações de distância.

Ver notícia original.


Obtenha agora o Designer Pack com um preço específico. Tudo o que precisa para projetar, testar virtualmente e colaborar online está incluído.

REP BANNER

Assistência Técnica

Teamviewerisicom

TeamviewerSolidSet

Newsletter

Área Exclusiva

Autenticar Registar

Menu Mobile

Área Reservada Registe-se Agora!

Clientes/Formandos